Segunda rodada de negociação tem defesa do emprego em pauta

Comando Nacional e Fenaban se reuniram hoje, 06, por videoconferência

A segunda rodada de negociação entre o Comando Nacional e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) aconteceu nesta quinta-feira, 06 e teve como pauta a defesa do emprego na categoria.

Durante o encontro, que ocorreu por meio de videoconferência, foi destacado o descumprimento, por parte de alguns bancos, do acordo firmado durante a pandemia para que nenhum profissional fosse demitido. O tema emprego é um dos principais eixos da Campanha Nacional dos Bancários de 2020 e tem sido amplamente discutido pela categoria.
Entre os bancos que não respeitaram o acordo e demitiram durante a pandemia estão o Santander e o Mercantil do Brasil. As demissões do Banco espanhol ultrapassaram 800 funcionários. Já o Mercantil do Brasil dispensou 60 trabalhadores no período.

“O momento frágil pelo qual o país e o mundo passam, onde as pessoas mais precisam do emprego, os bancos que deveriam ser exemplos, tem quebrado acordos e colocado trabalhadores em situações de desemprego e insegurança. Nossa luta é para que todos tenham melhores condições e garantias de emprego”, destaca Jeferson Boava, presidente da Federação de Empregados em Estabelecimentos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

O encontro desta quinta reforçou o apelo para que a categoria se una e fortaleça a luta em defesa do Emprego. A próxima rodada de negociação está prevista para o dia 11/08, com a pauta Saúde e Condições de Trabalho.

Fonte: Federação dos Bancários SP/MS

 

Comments are closed.