FeebSPMS_22022024

BB prioriza diversidade na expansão das Gepes

Mulheres, negros, indígenas e PcDs terão prioridade no programa que irá dobrar a rede de Gestão de Pessoas

O Banco do Brasil anunciou, nesta quarta-feira (21), um programa de expansão da rede de Gestão de Pessoas (Gepes).

Durante a reunião com membros da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco destacou que 74 pessoas serão selecionadas para a expansão das Gepes. De acordo com o Banco, mulheres, negros (pretos e pardos), indígenas e PcDs terão prioridade para ocuparem as vagas que serão abertas.

De acordo com o banco, o objetivo é fortalecer a estrutura de atendimento aos funcionários e expandir a cobertura das GEPS para novas localidades, além de reforçar o compromisso com a inclusão e a diversidade.

Estrutura

Conforme divulgado pelo banco, a expansão deve chegar a 14 Gepes Assessoramento, 10 plataformas e uma Gepes Atendimento, além das três especializadas. Atualmente são sete Gepes Assessoramento, sete plataformas ligadas a essas Gepes, além de três Gepes Especializadas.

“É um momento positivo e histórico, resultado de muitas reuniões e exposições sobre a importância da diversidade na ocupação dos cargos da Gepes. Acreditamos que o aumento da representatividade tenha um impacto positivo na saúde do funcionário, além de promover acolhimento e igualdade”, disse David Zaia, presidente da Feeb SP/MS e representante na CEBB.

De acordo com representantes do Banco, o objetivo é que todas as regiões e estados mais populosos sejam contemplados.

Com a mudança, a presença das Gepes ficará da seguinte forma:

  • Gepes: Goiânia, Brasília, Cuiabá, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Fortaleza, Belém, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo, Ribeirão Preto e Rio de Janeiro;
  • Plataformas das Gepes: Palmas, Aracaju, João Pessoa, Teresina, Porto Velho, Campo Grande, Natal, Maceió, São Luis e Manaus.

Para a distribuição das vagas será realizado um processo seletivo para 08 oportunidades de Gerente Geral UA e mais 66, distribuídas entre Gerente de Setor e Assessor, em várias regiões, totalizando 74 vagas.

Fonte: Feeb SP/MS, com informações Contraf Cut e Contec

6f172504-b271-46e2-bb72-0a1728accbe8

Banco do Brasil anuncia expansão da rede GEPES e novas vagas em reunião com a CONTEC

Em uma importante reunião realizada no dia 15 de fevereiro, o Banco do Brasil apresentou para representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito (CONTEC) seu novo plano de expansão das Gerências Especializadas de Pessoal (GEPES). O encontro, marcado por expectativas e revelações, trouxe notícias significativas para o quadro de funcionários do banco e para o setor bancário como um todo.

Durante a reunião, executivos do Banco do Brasil detalharam a criação de 73 novas vagas, com o objetivo de fortalecer a estrutura de atendimento aos funcionários e expandir a cobertura das GEPS para novas localidades. A expansão visa não apenas ampliar o escopo de atuação das gerências, mas também reforçar o compromisso do banco com a inclusão e a diversidade dentro de sua força de trabalho.

Gisele Souza, uma das executivas presentes, destacou a importância da diversidade e da inclusão nas novas contratações, mencionando que o processo seletivo priorizará a representatividade de mulheres, negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência (PCDs). Essa abordagem reafirma o compromisso do Banco do Brasil com a igualdade de oportunidades e a justiça social no ambiente corporativo.

A reunião também serviu para os representantes da CONTEC expressarem suas expectativas e darem sugestões sobre as novas políticas e mudanças propostas. A interação entre os representantes do banco e os líderes sindicais destacou a importância da colaboração e do diálogo contínuo entre as partes para promover melhorias significativas nas condições de trabalho.

O Banco do Brasil reforçou seu compromisso de antecipar e compartilhar movimentos estratégicos com as entidades sindicais, mantendo uma política de transparência e engajamento com seus colaboradores e representantes.

A partir do dia 21.02.2024, o Banco do Brasil divulgará a ampliação da Rede Gepes, que terá o objetivo de proporcionar mais proximidade com o funcionário, não apenas pela presença física, mas também com mais escuta ativa e acolhimento.

A ampliação envolve o aumento da presença pelo país da Gepes Assessoramento e também a criação de mais uma Gepes Especializada.

Atualmente as Gepes Assessoramento estão em 07 localidades. Com a mudança, passaremos a ter presença da Gepes em 14 localidades e teremos 10 Plataformas. Distribuídas da seguinte forma:

• Gepes em Goiânia, Brasília, Cuiabá, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Fortaleza, Belém, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo, Ribeirão Preto e Rio de Janeiro e

• Plataformas dessas Gepes em Palmas, Aracaju, João Pessoa, Teresina, Porto Velho, Campo Grande, Natal, Maceió, São Luis e Manaus.

A criação de mais uma GepesEspecializada Atendimento visa aprimorar os canais de contato, que hoje são, exclusivamente, Fale Com e WhatsApp BB Funci, realizados pelas três GepesEspecializadas atuais. Passaremos a ter 4 GepesEspecializadas.

Essas novidades resultarão em oportunidades nas Gepes em todo país. Com isso, será realizado processo seletivo para 08 oportunidades de Gerente Geral UA e mais 66, distribuídas entre Gerente de Setor e Assessor, em várias regiões, totalizando 74 vagas.

O processo seletivo para a Rede Gepes reforçará o compromisso com a diversidade. Nessa seleção teremos ações afirmativas, contemplando, na fase de recrutamento, vagas para pessoas com deficiência (PCDs), mulheres, raça e etnia. Também teremos vagas para funcionários priorizados.

Uma novidade nesse processo seletivo é a atuação de uma banca de heteroidentificação para pessoas negras (aquelas autodeclaradas pretas ou pardas e indígenas).

Com a ampliação da Rede Gepes, aliado a um processo seletivo inclusivo, espera-se contribuir com o relacionamento e a experiência do funcionário junto à gestão de pessoas e com o aprimoramento de lideranças e equipes, com mais proximidade, escuta e acolhimento. 

Diretoria Executiva da CONTEC

Fonte: www.contec.org.br

805e552a-adb7-4267-8c1e-b381e2e99eac

INICIO DO CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY – MARÍLIA

No último sabado 17/02/2024, foi iniciado o XLII CAMPEONATO DE FUTEBOL SOCIETY do Sindicato dos Bancários em Marília/SP.

O primeiro dia de Campeonato contou com a presença da categoria bancária e seus dependentes.

As inscrições continuam abertas para os Bancários Sindicalizados e seus dependentes durante todo o campeonato, que se encerra em 01/06/2024.

Venha participar coma sua família.

FEEBSPMS_1202

Santander anuncia pagamento da PLR para o dia 29

Variável semestral e PPRS também serão pagos na data 

O Banco Santander divulgou que realizará o crédito da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) no próximo dia 29 de fevereiro. Além disso, na mesma data, serão pagos também a variável semestral e o Programa Próprio de Resultados (PPRS), com um valor estabelecido em R$ 2.902,00 para este ano.

A PLR dos bancários é determinada com base no lucro anual da instituição financeira, sendo dividida em duas parcelas. A primeira parcela é creditada até 30 de setembro (antecipação), enquanto a segunda é paga até 1º de março do ano seguinte, após a consolidação do lucro do Santander.

Este ano, os funcionários que recebem até R$11 mil terão direito a 2,2 salários, mais a parcela adicional estipulada.  O cálculo da segunda parcela da PLR segue a fórmula “Regra Majorada menos a antecipação”.

Além da PLR conforme a Regra Básica/Majorada também está prevista a distribuição linear de 2,2% do lucro líquido para todos os trabalhadores, com um teto a ser definido em cada negociação.

Fonte: Feeb SP/MS

WhatsApp-Image-2024-02-09-at-17.13.32-1170x658

CONTEC se reúne com representantes do Banco do Brasil

Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (09/02), respondendo reivindicações de 21/07/2023, feitas pela CONTEC, respondeu que fará aporte para equalizar a questão financeira do FEAS e seguirá os estudos de viabilidade operacional para migração dos egressos do Banco Nossa Caixa que optarem pela Cassi. Devido as especificidades de cada plano como público, rede credenciada e valor da contribuição, o BB buscará a solução inclusive junto as entidades representativas, sabendo do desinteresse de alguns colegas em migrar para o plano da Cassi.

Durante o encontro, foram discutidos assuntos como a Participação nos Lucros e Resultados (PLR), ajustes em planos de saúde e previdência, e ações para a resolução de pendências históricas que impactam diretamente a vida dos funcionários.

O BB trouxe esclarecimentos sobre seus esforços em resolver questões ligadas ao Economus e à CASSI, mostrando o compromisso em atender às reivindicações, além de destacar o progresso em estudos e negociações que visam melhorar a situação dos colaboradores e aposentados.

A reunião também serviu como plataforma para os representantes da CONTEC expressarem diretamente suas preocupações e sugestões, sendo recebidos com abertura pelo banco, que se mostrou disposto a buscar soluções conjuntas.

Importantes avanços foram destacados, como a promessa de revisão de tabelas de contribuição para a Previdência Complementar e a negociação de antigos pleitos relacionados à saúde e previdência dos funcionários.

As partes concordaram em manter o diálogo aberto e construtivo, com a expectativa de que as próximas reuniões tragam ainda mais resoluções favoráveis aos funcionários.

O encontro reafirmou a importância da comunicação contínua entre a CONTEC e o Banco do Brasil, solidificando a relação entre as instituições em prol de melhorias significativas para o corpo funcional.

Participaram pelo BB: Sheyla Watrin Hesketh (Gerente de Soluções da Dipes) e Altair Volnei de Almeidda.

Representaram a Contec o, Coordenador da Comissão, Gilberto Antonio Vieira, acompanhado dos seguintes dirigentes: Jéssica Alendar (CONTEC), Carlos Souza, Dejair Besson, Itamara Moura, Marco Hilário e Rogério Marques (FEEB-SP/MS), Florival Cardoso Menezes, Valeria Ferreira (FEEB-MG/GO/TO/DF), Antônio Ribas Maciel, Carlos Kravicz e Luana Narimatsu (FEEB-PR), Carla Flores, Edson Garetti, Ivone, Luiz Francisco Cardoso, Mário Sérgio Visentainer, Michael da Silva, Griceli e Simone (FEEB-SC), Eloíza Esteves Demito e Ivanilson Batista Luz (FEEB GO/TO), Elsie de Andrade Farias (FEEB NN), Daniel Solano, José Bonaerges, Nivaldo Rodrigues, Paulo Cesar e Valderlan Galindo (FEEB-AL/PE/RN) e Arimarcel Padilha (FEEB-PB).

Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação – CEBNN/CONTEC

www.contec.org.br

Safra0902

Safra vai pagar PLR dia 23

A segunda parcela da PLR do Banco Safra 2023 será creditada no dia 23 de fevereiro, junto com a folha de pagamento. A data foi definida após negociação com o movimento sindical, que também garantiu que sejam pagos 20% da PLR adicional para os cargos elegíveis no programa de suporte administrativo e comercial.

Bradesco_090224

Bradesco paga PLR no dia 19 de fevereiro

O Bradesco atendeu a reivindicação do movimento sindical, feito pela Comissão de Organização dos Empregados (COE), e anunciou a antecipação do pagamento da segunda parcela da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) para o dia 19 de fevereiro.

Santander_0602

Santander: Coe discute multicanalidade e horas negativas com o Banco

Feeb SP/MS apresenta sugestões ao banco com o objetivo de assegurar os direitos do trabalhador

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander se reuniu nesta terça-feira (06) com a direção do banco para discutir Multicanalidade, projeto de reestruturação da rede de agências, e horas negativas.

A Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Feeb SP/MS) foi representada pela dirigente Ana Stela Alves de Lima. “Além do projeto de reestruturação anunciado pelo banco, debatemos sobre formas de assegurar os direitos da bancária e do bancário”, explica Ana Stela.

A diretoria do banco esclareceu dúvidas sobre a multicanalidade, que prevê diferentes canais de atendimento aos consumidores e um processo de reestruturação da rede de agências, já implementada pelo banco em 2024.

Os representantes da COE Santander reforçaram a cobrança para que o banco respeite as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

Entre as reivindicações apresentadas está o direito a desconexão, que visa garantir jornada de trabalho e evitar o adoecimento pelo excesso de trabalho, além de preocupação continua com o uso do celular, entre outros. “Essa questão precisa ser resolvida, para isso, reforçamos a cobrança à diretoria do banco que ficou de estudar o assunto e nos dar uma devolutiva”, explica a representante.

Questionada pela Feeb SP/MS sobre a intenção de terceirizar áreas que estão sendo reestruturadas, a diretoria informou que o banco não tem nenhuma intenção na terceirização das funções consideradas fim pelo banco, ou seja, gerentes de pessoa física e jurídica, gerentes Van Gogh e demais gerências. “Também questionamos sobre a possibilidade do banco assinar um termo de compromisso, que garanta ao trabalhador que ele continue sendo bancário, com seus direitos conquistados mantidos e sem qualquer alteração no contrato de trabalho”, disse Ana Stela. A diretoria ficou de estudar a possibilidade do termo.

Banco de horas negativas

A reunião também debateu sobre as horas negativas geradas na pandemia. De acordo com a COE, já foram realizados três acordos para a compensação das horas com redutores conforme as horas pagas, com acordo vigente até 31 de março deste ano. Para os representantes dos trabalhadores, a meta é encerrar o assunto antes de março, com anistia das horas de quem foi totalmente afetado durante a pandemia.

Fonte: Feeb SP/MS

FeebSPMS_201223

Santander lança programa de atendimento para funcionários com Deficiência (PCDs)

Programa fornece isenção de coparticipação em consultas e exames agendados

O banco Santander lançou ontem (19), o “Programa do Seu Jeito”, idealizado para os funcionários com Deficiência (PCDs). A iniciativa contempla todos os funcionários PCDs ativos. Um comunicado foi feito via email com informações direcionadas individualmente para cada funcionário, conforme a especificidade do caso.

O programa prevê atendimento personalizado e tratará de forma assistida cada situação. Os serviços incluem tanto questões ergonômicas, como as voltadas para a saúde diária, incluindo a participação de profissionais de segurança do trabalho, assistentes sociais e outros.

Outra novidade informada é que o programa fornecerá isenção de coparticipação em consultas e exames eletivos agendados. Funcionários que aderirem ao programa “total pass”, contarão com isenção de três meses. O objetivo é incentivar a prática de exercícios físicos. Os benefícios são válidos a partir da data de inscrição.

De acordo com a representante da Federação dos Bancários dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, Letícia Françoso, o programa não acarreta prejuízo aos funcionários, ao contrário, busca prestar um serviço de acompanhamento da inclusão e o dia a dia da agência, suas dificuldades, bem como entender os recursos necessários para que o funcionário possa desenvolver suas funções sem barreiras. “Durante o programa o funcionário só deve atender às ligações da equipe multidisciplinar que realizará todo o processo de atendimento”, explica Letícia.

Para a representante, essa é também uma das formas do banco mapear a inclusão. “Vemos muitos profissionais se deslocarem no mercado de trabalho muitas vezes por não encontrar adequação no ambiente de trabalho. Nem sempre as tecnologias assistivas oferecidas atendem a necessidade que o funcionário tem para desempenhar sua função em igualdade com os demais. Precisamos de uma tecnologia assistiva, que promova igualdade para que os funcionários com Deficiência possam ter as mesmas condições de desempenhar suas funções da mesma forma que os demais”, pontua Letícia. “Inclusão é fazer com que o ambiente de trabalho forneça oportunidades de acesso para que as pessoas com deficiência desenvolvam um trabalho de qualidade”, diz.

Fonte: Feeb SP/MS